Incêndios na região afetam mais de 15 municípios

Preço da saca do café sofre queda e boi gordo está estável
8 de setembro de 2021
Caminhoneiros fazem manifestação na Rodovia Washington Luiz
9 de setembro de 2021
Exibir todos

Incêndios na região afetam mais de 15 municípios

Queimada atinge o Cerrado da UFSCar em São Carlos — Foto: Reprodução/EPTV

A tarde de quarta-feira, 8, ficou marcada por chuva de queimada e visibilidade prejudicada.

Queimadas em matas, rodovias e área rural estão causando transtornos em toda região. Neste dia 8 de setembro, o fogo atingiu o perímetro urbano, prejudicando de maneira expressiva o município de Dobrada, quando uma residência localizada no bairro Vila Padre Cicero foi atingida pelas chamas.

Entre as cidades de Barrinha e Sertãozinho, a Fundação Casa ficou ilhada a pelo fogo. Já o trajeto entre Jaboticabal/Guariba/Pradópolis, foi prejudicado em virtude de muito fogo e fumaça na pista. O risco de acidente foi grande, e o trânsito de veículos foi temporariamente bloqueado.

Próximo a Sertãozinho, um grande incêndio tomou conta de uma fazenda, em 4 pontos diferentes, sendo que um deles abrigavam os animais, que amedrontados, tentaram fugir das chamas.

Entre as cidades de Barrinha e Sertãozinho, a rodovia Carlos Tonanni também foi tomada pelas chamas. A rodovia foi bloqueada por conta do perigo de acidente; e entre Itajobi e Novo Horizonte, o trânsito na rodovia asfaltada e nas vias de terra também foi temporariamente bloqueado por conta dos incêndios.

Em Matão e Santa Ernestina, o dia ficou escuro, com cheiro muito forte de queimado e uma poeira muito seca tomou conta da atmosfera.

Na SP-310, uma grande coluna de fumaça não muito longe da rodovia chamou a atenção de quem passava por lá. O cenário de devastação e incêndio é geral. Dezenas de cidades da região estão sob a chuva de fuligem e com o céu escurecido pela fumaça.

Diante de tantas ocorrências, o contingente da equipe de bombeiros se torna pequeno demais para atender a todas as solicitações.

As imagens desesperadoras chamaram a atenção de quem viaja pela região todos os dias. A rodovia Cunha Bueno também foi interditada por conta dos incêndios.

Na última segunda-feira (6 de setembro de 2021), a fumaça na pista entre Jaboticabal e Sertãozinho provocou um engarrafamento com mais de 7 veículos.

Pontal, Santa Ernestina, Monte Alto e Taquaritinga são outras cidades também afetadas pelas chamas.

Em São Carlos, no Swiss Park, ao lado da Subestação da CPFL, também houve incêndios. A área do Cerrado na UFSCar de São Carlos também foi afetada por um grande incêndio.

A Polícia Ambiental multou a UFSCar em 448 mil reais por incêndio em área de eucaliptos na cidade de São Carlos.

As altas temperaturas, ventos fortes e baixa umidade são fatores que agravam a situação. Mas a ação humana é uma das principais responsáveis por tais incêndios.

Por conter vários elementos tóxicos ao nosso organismo, a fumaça liberada durante as queimadas agrava algumas doenças respiratórias, como a asma, bronquite, sinusite, rinite e a Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC).

A baixa qualidade do ar fez com que muitos moradores da região se sentissem afetados por sintomas de asfixia, maior cansaço ao longo do dia, garganta constantemente inflamada, pele irritada, entre outros.

Fonte: Supernova Empresa de Noticias

1 Comment

  1. Sandra de Fátima Venâncio disse:

    Que triste tão acabando com natureza vai ser um Brasil sem verde quê nem a siria esse pais árabe eu não vejo uma árvore lá só sopedra pó gente misericórdia

Deixe uma resposta