Bilionários – Muito dinheiro na mão de pouca gente

Previsão do tempo neste sábado (09)
9 de abril de 2022
PT e PSB anunciam aliança: “demonstração muito forte ao Brasil”
9 de abril de 2022
Exibir todos

Bilionários – Muito dinheiro na mão de pouca gente

Imagem ilustrativa

A Revista Forbes divulgou o ranking das pessoas mais ricas do planeta. São 2.668 nomes com patrimônio acima de 1 bilhão de dólares. Somadas essas fortunas o valor atinge US$ 12,7 trilhões ou R$ 59,6 trilhões.

O homem mais rio da terra é Elon Musk. O industrial de 58 anos fabricante dos carros elétricos Tesla e da produtora de foguetes Space X tem uma fortuna avaliada em US$ 219 bilhões ( R$ 1 trilhão). Em segundo lugar Jeff Bezos, 58 anos, dono da Amazon com US$ 171 bilhões ( R$ 830 bilhões). Medalha de bronze, em terceiro lugar vem a família Annaul dona das marcas Louis Vuitton e Sephora com um império de US$ 158 bilhões ( R$ 742 bilhões).

Entre os mais ricos do mundo a preferência de moradia é Nova Yoor com 107 bilionários seguida de Pequim. Em terceiro lugar fica Seul.

Quando focamos nos bilionários brasileiros o topo da pirâmide é de Paulo Leman da Ambev com uma fortuna de US$ 15,4. Ele ocupa a 117 posição no mundo Em segundo lugar o executivo brasileiro do Facebbok Eduardo Severin aparece com US$ 10,6 bilhões. Fechando a terceira colocação está Marcel Hermann Telles, também da Ambev com uma fortuna de US$ 10,3 bilhões. A novidade no top 10 foi a entrada de Luciano Hang, proprietário da Havan que viu sua fortuna crescer 78% em 2021 e atingir US$ 4,8 bilhões.

Entre as mulheres mais ricas o primeiro lugar é da francesa Françoise Meyers dona da LÓreal .Já a brasileiar mais rica é Lucia Maggi com R$ 32 bilhoes e integrante de uma família que é referência do agronegócio brasileiro.

Curiosidades expostas, o tema nos leva a duas constatações A primeira é qual a necessidade de uma ´´única pessoa amealhar um patrimônio de 1 trilhão de reais em um mundo real onde milhões de pessoas não tem o que comer. A segunda para descontrair a primeira cruel constatação é que se entre os três brasileiros mais ricos estão dois sócios da Ambev dá pra concluir que não existe pandemia, guerra da Ucrânia e inflação que impeça as pessoas de tomarem cerveja….

Sérgio Oliveira – Analista Econômico
Sérgio Oliveira – Analista Econômico

1 Comment

  1. Luiz Francisco Fernandes disse:

    Excelente informação, Sérgio.
    Em especial, a abordagem crítica.

Deixe uma resposta